-

Produzido por Lígia Mesquita

Perfil completo

Publicidade

Hermes e Renato segue trilha do Porta dos Fundos

Por Folha

O grupo Hermes e Renato (MTV) prepara-se para um relançamento como produtora de conteúdo de humor.

De olho nas possibilidades de retorno financeiro das várias plataformas de comunicação, a trupe acaba de fechar um contrato com a Boutique Filmes visando à produção de séries e esquetes de humor para televisão, dispositivos móveis e internet.

O grupo, hoje composto de Marco Antônio Alves, Fausto Fanti, Adriano Silva e Felipe Torres, agora é proprietário da marca Hermes e Renato, que antes pertencia à MTV Brasil —tanto é que, quando migraram para a Record, em 2010, os comediantes não puderam levar o nome da atração.

Agora, com o título em mãos, o quarteto vai produzir séries para a televisão aberta e para a paga e lançará em breve uma plataforma digital da marca, com vídeos ao estilo do humorístico Porta dos Fundos.

O projeto é uma parceira com a Boutique Filmes. Os primeiros conteúdos devem ganhar a web ainda neste ano. A trupe deve deixar a MTV.

O contrato também prevê a realização, em 2014, de uma série de humor com 13 episódios. O programa já está sendo negociado com canais de TV por assinatura. A ideia é misturar os personagens clássicos do humorístico com novas apostas.
Apito É grande a expectativa entre as afiliadas da Record em torno de uma reunião com o novo vice-presidente da emissora, Marcelo Silva, que deve acontecer em agosto.

Apito 2 Silva deve decidir então os novos rumos da emissora e os planos para a programação de 2014.

Social O dr. Drauzio Varella, cancerologista e colunista da Folha, estreia em agosto no “Fantástico” (Globo) uma série sobre autismo. O quadro abordará casos reais e falará de tratamentos, educação e mercado de trabalho.

Social 2 A ideia para o segmento veio da sanção da Lei nº 12.764, batizada de Lei Berenice Piana, que assegura aos autistas os mesmos diretos das pessoas com necessidades especiais.

Sósia E o “Fantástico” conquistou boa audiência anteontem com o lançamento do quadro “Vai Fazer o Quê?”, comandado por Ernesto Paglia. A atração marcou 20 pontos. Cada ponto equivale a 62 mil domicílios na Grande SP.

Sósia 2 A ideia é mostrar como as pessoas reagem diante de situações polêmicas, mote já explorado por programas como “Legendários” (Record), “CQC” (Band) e até “Pânico” (Band), que, no entanto, enveredavam por outro caminho, o do humor.

Infantil Durante a sua primeira semana no ar, de 1º a 5 de julho, a série “Tree Fu Tom” (Discovery Kids) foi o programa mais assistido na TV por assinatura por crianças com idade entre quatro e 11 anos. A série aumentou em 45% a audiência do canal no horário.

Blogs da Folha

Mais acessadas

Nada encontrado

Versão impressa

Publicidade
Publicidade
Publicidade