‘Criança Esperança’ terá show mais pop e debaterá desigualdade de gênero

Por LÍGIA MESQUITA

O show do “Criança Esperança” (Globo), no dia 2 de julho, abordará, entre outros temas, a desigualdade de gênero. Um dos vídeos a ser exibido durante o espetáculo mostrará uma situação competitiva em que mulheres e homens empatam e é esperado que eles recebam os mesmos prêmios. Mas os homens acabam recebendo uma medalhar maior que a das mulheres. Em cima desse episódio, tem início um debate sobre o assunto.

O diretor do “Criança Esperança” (Globo), Rafael Dragaud, diz que outros vídeos motivacionais serão exibidos. Ele também adianta que  o show deste ano será mais “pop” e com uma linguagem mais direta, sem complexidade.

O mesão de doações seguirá presente no palco com artistas atendendo às ligações dos doadores da campanha.

 

(Marcelo Tabach/Divulgação)
(Marcelo Tabach/Divulgação)

//Sem canelada
José Loreto, no ar em “Haja Coração” (Globo), participou do programa “Três Pipocas e a Conta”, que vai ao ar nesta quinta (16) no canal do Telecine no YouTube, para falar sobre seu papel no filme “Mais Forte Que o Mundo”. No longa, ele interpreta o lutador de MMA José Aldo. O ator, que contou com a ajuda de Aldo na preparação para o longa, diz que tinha medo de levar um golpe dele, uma canelada.  “Ele é o cara, mas eu pedia: só não me dá uma canelada, pelo amor de Deus! A canelada dele  é muito potente”, disse Loreto.

 

0,5%
de crescimento na base de assinantes registrou a Oi TV no mês de abril, segundo dados da Anatel. A operadora totaliza 1,2 milhão de clientes.