Cauã Reymond, Adriana Esteves, Jesuíta Barbosa e Jéssica Ellen serão ex-presidiários em ‘Justiça’

Por LÍGIA MESQUITA

 

As quatro tramas que se cruzam em “Justiça” (Globo), minissérie de Manuela Dias com direção artística de José Luiz Villamarim, terão um elemento em comum.

Em todas, um dos protagonistas passou sete anos na cadeia. É o caso dos personagens de Adriana Esteves, Cauã Reymond, Jesuíta Barbosa e Jessica Ellen.

Mauricio (Cauã) irá preso por fazer eutanásia na mulher, a bailarina Beatriz (Marjorie Estiano). Ela ficará tetraplégica após ser atropelada pelo rico Antenor (Antonio Calloni), que fugirá sem prestar socorro.
 
No futuro, Mauricio terá um caso com a mulher de Antenor, uma alcoólatra vivida por Drica Moraes.

A empregada doméstica Fátima (Adriana Esteves) também será presa, falsamente incriminada como traficante por um policial (Enrique Diaz).

O mesmo acontecerá com Rose (Jessica Ellen), filha de uma doméstica. Ela não é traficante, mas será pega pela polícia com as drogas dos amigos em uma festa.

 

Passional Já Vicente, vivido por Jesuíta Barbosa, pegará sua noiva, Isabela (Marina Ruy Barbosa), com outro e a assassinará. A mãe dela, Elisa (Débora Bloch), vive com o desejo
de matá-lo.

Em campo “Justiça” ainda tem no elenco, entre outros: Angelo Antonio, Cassio Gabus Mendes, Camila Márdila, Leandra Leal, Luisa Arraes e Vladimir Brichta.

Marco zero Villamarim está há um mês gravando a minissérie no Recife. Walter Carvalho é o diretor de fotografia. A estreia da trama, com 20 capítulos, está prevista para o segundo semestre.

 

(Edu Viana/Divulgação)
(Edu Viana/Divulgação)

//MA ÔE Ceará grava com Bruna Louise sua nova atração no Multishow, com estreia prevista para 26 de julho; Os personagens Silvio Santos e Gabi Herpes estarão na atração

+35 %
foi o aumento de audiência do Viva no 1º quadrimestre, em comparação ao mesmo período de 2015, segundo o Ibope. Entre os programas mais vistos estão o “Especial Roberto Carlos 1990”.

 3 x
mais ibope no horário nobre teve o Fox Life com a estreia de “O Mundo de Jacquin”, reality do chef Erick Jacquin.

 

Antiguinho Diretor de teledramaturgia da Record, Anderson Souza diz que não está nos planos da emissora voltar a fazer uma novela contemporânea tão cedo. Nem na nova faixa das 19h. “A gente deve seguir esse nicho [de época] até esgotar”, fala.

Riso local O Comedy Central começa a gravar nesta quarta (1º) a versão brasileira do humorístico “La Culpa es de Colón”. Batizada de “A Culpa é do Cabral”, a atração é uma mesa-redonda com comediantes de diversas regiões do país, fazendo piada com características de cada lugar. Integram o elenco Rafael Portugal, Fabiano Cambota, Thiago Ventura, Nando Viana e Rodrigo Marques.