Criação audiovisual tem poucas mulheres, segundo levantamento da Ancine

Por LÍGIA MESQUITA
Pesquisa da Ancine divulgada na feira Rio Content Market mostra disparidade entre as participações feminina e masculina na criação audiovisual brasileira.
 
Foram analisadas 2.606 obras no sistema do Certificado de Produto Brasileiro em 2015. Em direção, 74% eram homens e 19%, mulheres. De 1.595 produções de roteiro, 65% eram de autores, contra 23% de autoras.
 
Em produções de TV, 76% das 1.503 obras foram dirigidas por homens, ante 17% por mulheres. Dentre os gêneros com menos diretoras está o reality: 4%, contra 81% de homens. Na autoria, entre 805 obras, 23% eram de mulheres e 63% de homens.
 
“A pesquisa mostra que a presença feminina é maior em documentários e obras de curta duração. Mulheres têm menos acesso a obras de alto investimento”, diz Debora Ivanov, diretora da Ancine.
(Munir Chatack/Record)
(Munir Chatack/Record)

//Perdidos na selva
Os atores Nicola Siri (à esq.), Camila Rodrigues e Angelo Paes Leme gravam cenas de “Sem Volta” na Reserva Biológica do Tinguá, na Baixada Fluminense.
A série da Record, com estreia prevista para agosto, mostra um grupo de montanhistas perdidos na selva.

Pequenos cidadãos O canal pago infantil Gloob e a Globo Filmes fecharam parceria para produção conjunta de longas infnto-juvenis. Segundo Paulo Marinho, diretor do Gloob, o objetivo é realizar obras que exaltem a infância,divirtam e “transmitam valores”.

Pé com pé Rosane Svartman e Paulo Halm aguardam saber se Fábio Assunção, que quebrou o pé, precisará usar bota ortopédica, para criarem um acidente para o personagem dele na novela “Totalmente Demais” (Globo).

R$ 50 milhões

é a receita que a Record obteve até agora com a venda da novela bíblica  ‘Os Dez Mandamentos’ para outros países, não contando o acordo com a Netflix.

Gás total Benedito Ruy Barbosa, 84, criador de “Velho Chico”, próxima trama das 21h da Globo, diz que já trabalha em uma sinopse para as 18h.

Rock, bebê Os melhores momentos do festival de rock Lollapalooza serão exibidos pela Globo no fim de semana após o “Altas Horas” e o “Planeta Extremo”.

 

(Felipe Monteiro/Gshow)
//BICHARADA Fabiana Karla fala de seus cães e de sua gata na 2ª temporada da série ‘Bichos’, do GShow, que estreia dia 15(Felipe Monteiro/Gshow)