Febre nos EUA, batalha de dublagens estreia em julho

Por Folha

O programa “Batalha de Lip Sync”, em que celebridades internacionais dublam músicas, já tem data de estreia no Brasil: 13 de julho, às 20h30. Ele será exibido uma vez por semana no canal pago Comedy Central.

O primeiro episódio da atração, que teve sua segunda temporada renovada pela Spike TV, foi visto por mais de 2 milhões de pessoas nos EUA, em abril.

(Divulgação/Comedy Central)
(Divulgação/Comedy Central)

Apresentada pelo ator e rapper LL Cool J, a batalha é inspirada em quadro do talk show de Jimmy Fallon, em que personalidades dublam canções famosas.

A atriz Anne Hathaway, o boxeador Mike Tyson e o cantor Justin Bieber já participaram do desafio.

Na estreia brasileira, Fallon aparecerá duelando com o lutador Dwayne Johnson.

COMIDINHA NATUREBA

Novo_JuCoutinho_MG_5745.jpg
(Ju Coutinho/Divulgação)

A chef Bela Gil (à esq. na foto) e sua filha, Flor, participaram da série infantil “Detetives do Prédio Azul” (Gloob). No episódio, que vai ao ar no segundo semestre, mãe e filha são sequestradas por Dona Leocádia (Tamara Taxman, à dir.) para que lhe ensinem a cozinhar.

Frilando Rafinha Bastos, que continua com situação indefinida na Band após o término de seu programa, será comentarista da partida de basquete entre Chicago Bulls e Cleveland Cavaliers, nesta quinta, às 21h, na ESPN.

Mitou Nova contratada do SBT para apresentar um reality de disputa de confeiteiros, Ticiana Villas Boas, ex-“Jornal da Band”, deve gravar em breve participação no programa do novo patrão, Silvio Santos. “Conversei com ele antes de assinar o contrato. É um mito. Até tirei selfie”, diz ela.

Véu longo Gugu Liberato dedicou mais de 40 minutos de seu programa de duas horas na Record, nesta terça (12), para o casamento da cantora Preta Gil. A atração levou especialista em festas desse tipo para falar de decoração e menu, mostrou imagens feitas em helicóptero e teve blogueiras de celebridades comentando.

Bafón Gugu chegou a perguntar “qual era o bafão” da festa. E ao ouvir que Preta Gil poderia estar se sentindo em uma cerimônia real, no sentido de realeza, retrucou: “Ué, mas não é real?”.

outrocanal (1)

 

>> com VICTORIA AZEVEDO