Quase um terço do novo “Jornal Nacional” é usado para interação

Por Folha
Levantamento da Controle da Concorrência, que monitora inserções comerciais para o mercado, mostra que o repaginado“Jornal Nacional” aumentou substancialmente a interatividade.
Na aferição realizada na segunda (27), 34% (17 min e 46 s) dos 53 min de duração do “JN” (Globo) foram ocupados com a comunicação dos âncoras William Bonner e Renata Vasconcellos, via telão no estúdio, com repórteres e reportagens.
Nos dias seguintes à estreia do novo cenário do telejornal, a empolgação com o recurso diminuiu.
A interação ocupou 27% (14 min e 12 s) dos quase 53 minutos do noticiário na terça (28). Na quarta (29), quando o programa tem duração menor, passou para 11% (4 min) dos 35 minutos e 25 segundos. E na quinta (30), voltou a subir, alcançando 16% (8 min) do total de 49 minutos e 52 segundos da atração.
No mesmo período da semana anterior, não havia qualquer interatividade.
 frase_outrocanal_0405
 É prata Apesar dos bons resultados que a Record obteve em abril, especialmente com a novela “Os Dez Mandamentos” e o “Programa do Gugu”, o SBT manteve a vice-liderança no chamado PNT (Painel Nacional de Televisão), que consolida a audiência dos 15 centros medidos pelo Ibope. Pelo 11º mês, a emissora de Silvio Santos se manteve em 2º na média nacional, com 5 pontos.

É ouro  A Globo vem em 1º, com 12,3 pontos, e a Record em 3º, com 4,7. No PNT, cada ponto equivale a 233 mil casas.

Sala de aula Um dos consultores de roteiro mais requisitados de Hollywood (revisou mais de 1.800 histórias para cinema e televisão), John Truby deu um curso para roteiristas e diretores da Globo na semana passada.

A atriz e autora Suzana Pires foi uma das alunas.

Olha o Kibe O talk show “Kibe Show”, do humorista Antonio Tabet, o Kibe Loco, que estreou no canal pago TBS em abril, já tem segunda temporada garantida.