-

Produzido por Lígia Mesquita

Perfil completo

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

“Não faria merchandisings toscos”, diz Rafinha Bastos

Por Folha

Oito meses após ser anunciado como a aposta da RedeTV! para tapar o buraco do “Pânico”, Rafinha Bastos está deixando a emissora.

“Minha ideia era fazer a implementação do ‘Saturday Night Live’. A missão foi cumprida”, disse Bastos à Folha.

Sobre a sua passagem pelo canal, o comediante nega que tenha recebido salários antecipados e que tenha protagonizado brigas com a direção nos bastidores. “Também nunca roubei banco em Manaus e nunca beijei o Matheus Carrieri”, brincou ele.

Já sobre os problemas financeiros do canal, que chegou a atrasar salários de funcionários, Rafinha é irônico.

“Minha saída não tem a ver com isso. Não trabalho por dinheiro e sim por poesia”, disse. “Mas não vou me estender. Me trataram bem, tive liberdade lá.”

O comediante, que está negociando sua volta para a Band, confirma ter sido uma pedra no sapato do departamento comercial da RedeTV!, que diz que ele sofria rejeição por partes dos anunciantes.

“Deixei explícito que não aceito fazer ações de merchandising toscas ao estilo Cogumelo do Sol e Tekpix. Qualquer iniciativa nesse sentido eu barrava”, disse.

“Mas acho estranho o comercial reclamar. O ‘SNL’ tinha sete patrocinadores. Cite algum programa da RedeTV! que tenha três?”

*

Exterior A versão internacional de “Fina Estampa”, coprodução da Globo com a Telemundo, foi batizada de “Marido en Alquiller” (marido de aluguel).

Exterior 2 A vilã Tereza Cristina será T. C. Palmer, e o mordomo Crô, seu fiel escudeiro, vai se chamar Rosario Flores, ‘Ro’. As gravações começam em fevereiro. Uma equipe da Telemundo  está no Projac nesta semana fazendo um workshop com a equipe original de “Fina Estampa”.

Reprise Está faltando música? “Mais um na Multidão”, de Erasmo Carlos e Marisa Monte, que toca sem parar em “Salve Jorge” (Globo), já fez parte da trilha de “Pícara Sonhadora” (2001), do SBT. Na época, por sinal, a emissora comemorou o fato de ter uma canção da dupla na novela.

Castigo O Ministério das Comunicações pode tirar a TV Cultura do ar por até dois dias. A suspensão, já publicada no Diário Oficial, é uma punição pelo não cumprimento do credenciamento do quadro diretivo da Fundação Padre Anchieta, mantenedora da TV Cultura, junto ao órgão.

Castigo 2 Pela lei de telecomunicações, o ministério tinha de ser comunicado oficialmente, em 2010, que João Sayad estava assumindo a presidência da Fundação Padre Anchieta. A TV Cultura encaminhará recurso ao ministério.

Índice É curiosa a nomenclatura que subdivide os filmes eróticos da Playboy no serviço de vídeos “on-demand” da Net, o Now. “Maduras”, “ninfetas”, “fetichistas” e “rapidinhas” são algumas das categorias dos longas-metragens.

Blogs da Folha