-

Produzido por Lígia Mesquita

Perfil completo

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Romance incestuoso vira especial na Record

Por Folha

Uma história de incesto é destaque entre os especiais de fim de ano da Record. O diretor Del Rangel, que entre 2001 e 2004 comandou a teledramaturgia da emissora, volta à rede como produtor independente, dirigindo um telefilme baseado em obra de Eça de Queiroz.

Trata-se de uma adaptação do romance “A Tragédia da Rua das Flores”, uma história de incesto involuntário. A trama principal gira em torno da ambiciosa Joaquina (mais tarde conhecida por Genoveva), que abandona o filho ainda criança e parte para a vida de cortesã.

Depois de se envolver com vários homens ricos, a bela Genoveva se apaixona por um jovem de 23 anos, bacharel em direito, que ela não sabe ser seu próprio filho.

Fruto de uma parceria da produtora independente da Ink com a Record, o especial será adaptado pelo autor Marcelo Muller. Apesar de sofrer algumas adaptações, o tema principal da história, o incesto, não deve ser cortado da trama.

Del Rangel, que estava longe da TV havia um ano, quando deixou a direção de dramaturgia do SBT, iniciará as gravações do telefilme da Record no dia 1º de novembro.

O especial, de 45 minutos, terá incentivo fiscal da Agência Nacional do Cinema (Ancine) e deverá ser exibido em dezembro.

*

Crise É grande a desmotivação em alguns setores da Record. Ainda mais depois que “Balacobaco”, nova novela da emissora, estreou sem ajudar em nada o horário nobre da emissora.

Crise 2 Entre os profissionais da teledramaturgia da rede, a preocupação é de que os cortes de gastos tomem conta depois de mais uma novela sem sucesso.

Tesoura A RedeTV! deve enfrentar mais demissões a partir deste mês. Alguns diretores já levantaram nomes para novos cortes no canal.

Comercial A partir de novembro, a Fox vai duplicar o sinal dos seus canais: terá um nacional e um exclusivamente para a Grande São Paulo. A iniciativa tem em vista os anunciantes locais.

Venda O plano comercial de “Salve Jorge”, próxima novela das 21h da Globo, chama a atenção para o aumento de público nesta faixa da rede nos últimos três anos: 14% de crescimento no share (participação no total de televisores ligados) na Grande São Paulo.

Venda 2 Segundo a Globo, em média, 3,3 milhões de paulistanos acompanharam por dia as novelas das 21h nos últimos três anos. No Brasil, essa média é de 38 milhões de telespectadores por dia.

Atrás Com audiência em baixa, a transmissão do GP EUA de F1, no dia 18 de novembro, corre o risco de ir ao ar gravado na Globo. A prova acontecerá no mesmo dia da antepenúltima rodada do Brasileirão, prioridade no canal. A rede diz que a grade de novembro ainda não está fechada.

Blogs da Folha