Produtoras gringas querem sua fatia na lei da TV paga

Por Folha

De olho nas oportunidades de produção nacional com a nova lei de TV paga, as grande produtoras internacionais estão abrindo filiais e iniciando parcerias no país.

A Endemol no Brasil, agora comandada por Juliana Algañaraz, está em negociação com produtoras brasileiras independentes para firmar uma sociedade, comprar parte acionária de uma produtora menor, para poder produzir atrações que se encaixem nas cotas nacionais estabelecidas pela nova lei.

Como são estrangeiras, pela legislação, essas empresas não podem produzir atrações brasileiras para preencher a demanda dos canais pagos.

No entanto, podem criar um braço brasileiro que faça isso, desde que fiquem com apenas 30% das ações e o restante, com um sócio majoritário nacional.

O mesmo passo é dado pela produtora Fremantle, que está abrindo uma nova produtora de conteúdo com uma sócia majoritária brasileira, Daniela Busoli.

Zodiac e Sony Production também estudam a criação de um nova empresa ou uma parceria no Brasil com o mesmo alvo: fazer produção nacional de televisão.

Para se encaixarem nas cotas, essas novas produtoras devem criar formatos inéditos, brasileiros, que não estejam em seus catálogos internacionais.

*

Volta Foi adiado para a abril o especial com quatro edições inéditas da sitcom “Sai de Baixo”, no canal Viva. Miguel Falabella, Marisa Orth, Aracy Balabanian e Márcia Cabrita estão confirmados no elenco. A direção será de Dennis Carvalho.

Volta 2 A edição especial do “Sai de Baixo” irá ao ar em maio, nas comemorações de três anos do Viva.

Deposto Oscar Schmidt está entre os comentaristas esportivos que podem não ter os seus contratos renovados com a Record no final do ano.

Deposto 2 O curioso é que, em 2009, quando foi contratado, Oscar foi anunciado como o “embaixador”, o representante olímpico da Record nos eventos esportivos que a emissora acabara de adquirir. 

Corrida Só dá Carminha (Adriana Esteves) na mídia, mas, em termos de audiência, a vilã Tereza Cristina (Christiane Torloni) rendia mais. “Fina Estampa” encerrou sua jornada na Globo com média de 39,2 pontos. “Avenida Brasil”, já em sua reta final, acumulou até agora 38,1 pontos de média. Cada ponto equivale a 60 mil domicílios na Grande SP.

Corrida 2 Prejudicada pelo horário eleitoral, a trama de João Emanuel Carneiro terá de emplacar recordes diários de audiência para alcançar o folhetim de Aguinaldo Silva. 

Trash A lista de entrevistados de Sérgio Mallandro em seu “talk show” no Multishow promete. A atração, que estreia no dia 18, trará convidados como Zé do Caixão, Biafra, Juca Chaves e Roque (assistente de Silvio Santos).